Notícias do campo: Índia, China, Bangladesh

Tráfico de crianças na Índia

Tráfico de bebês de escravas sexuais Segundo informações recebidas de missionários em campo, o sucesso do mercado de barrigas de aluguel na Índia se deve ao nascimento de crianças geradas por escravas sexuais. As mães são meninas vendidas por suas tribos após o primeiro ciclo menstrual, para serem estupradas e engravidadas com esse fim.

ESSAS MENINAS PEDEM SOCORRO!

Fonte:  MCM – Missão Cristã mundial

Campos de reeducação

No noroeste da China, numa região predominantemente muçulmana, existem campos de reeducação, que podem receber diferentes nomes, como centro de estudos ou centro de transformação da mente. É um lugar onde as pessoas são forçadas a aprender educação política tendo o comunismo como base. Dezenas de cristãos ex-muçulmanos e quase todos os líderes foram levados para tais campos. “Eu não sei onde meu marido está agora, mas acredito que Deus ainda o use em prisões ou acampamentos. Às vezes eu ficava com medo que ele não tivesse roupas suficientes para se aquecer”, diz a esposa de um líder cristão ex-muçulmano. Clame para que os cristãos perseguidos enviados a esses campos e suas famílias permaneçam fiéis ao Senhor, apesar das complicações e do ambiente hostil que enfrentam. Que mais cristãos sejam usados por Deus para consolar e cuidar (material e espiritualmente) das famílias que sofrem com a perda de um parente enviado aos campos. 

Fonte: Portas Abertas

A Maior Crise Humanitária da atualidade em Bangladesh

As manchetes mundiais denunciam, a situação do povo Rohingya, considerada pela ONU como a “maior crise humanitária da atualidade”. O Papa visitou o local para tentar amenizar a situação e as grandes ONGs humanitárias enviam socorro.
A Igreja Brasileira também precisa fazer sua parte e agir para atender o clamor por alívio de pelo menos 610 mil pessoas, das quais 330 mil são crianças.
Há algum tempo, 34.000 crianças, já se encontravam em estado irreversível de má nutrição, não podendo mais aceitar líquidos no pequenino estômago ressecado por não comer há dias.
A Rede SOS Global, formada especificamente para situações de SOS – SAVE OUR SOULS – SALVE A NOSSA ALMA – esteve presente, enviaram para o acampamento de refugiados Rohingya, em Bangladesh, uma equipe de olheiros, entre os dias 11 e 25 de dezembro, para prestarem atendimento de saúde emergencial, entregar alimentos e cobertores, e ver a situação de abrigos para planejar o envio de uma segunda equipe, o mais breve possível..
Conclamamos para que nossos socorristas veteranos se juntem URGENTEMENTE em atendimento ao grito por socorro.

Fonte: AME -Associação Missão Esperança

Avenida Brasil 4312 – Sala 1102 – 11º Andar – Centro, Maringá – PR, 87013-000 Telefone: (44) 3020-1105

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.